21/nov/2017

Novos rumos para o blog!

Olá, pessoal! Tudo bem com vocês?

O texto de hoje será um pouco diferente, mais informal, pessoal, descontraído, etc, etc. Como vocês devem ter percebido (ou não), o blog deu uma parada nos últimos tempos e resolvi vir hoje conversar sobre isso. Existe basicamente um motivo para essa pausa: desânimo.

Quem me conhece a mais tempo sabe que sempre amei blogar. Comecei com o Fotolog (avô do Instagram) lá com os meus 15 anos e tive meu primeiro blog em 2009. Escrever na internet pra mim sempre foi algo muito descompromissado, um verdadeiro hobby.

Após alguns anos no mercado de trabalho sem ter feito nada que eu gostasse muito, decidi voltar com a ideia do Buscando o Foco, o blog que criei na faculdade. O objetivo maior desse projeto foi criar um portfólio, divulgar melhor meus textos e conseguir conquistar alguns freelas pra complementar a renda. Em setembro de 2015, fiquei desempregada. Foi aí que eu olhei pra esse blog e pensei: “Agora vou ter que fazer uns textos muito fodas aqui”. Ele foi a minha vitrine.

Felizmente, depois de dois anos, estou trabalhando como freela e conseguindo me virar. E aí vocês me perguntam: onde entra o desânimo com o Buscando o Foco? Explico: blog pra mim sempre foi sinônimo de diversão, de respiro, de colocar as ideias pra fora de forma natural e compartilhar reflexões com as pessoas. Por encarar esse espaço como uma vitrine do meu trabalho, eu perdi todas essas sensações. Por mais que não pareça, a maioria dos textos aqui, mesmo aqueles da categoria Divagações, foram escritos “tecnicamente”.

Nesses textos, usei termos bonitos, deixei de fazer comentários bobos (algo que faço com muita frequência), me policiei algumas vezes, usei técnicas de SEO, enfim… é quase como se eu estivesse trabalhando para o meu próprio blog. Não que isso seja algo errado, afinal, muita gente ganha dinheiro com blog e eu acho incrível.  Porém, eu nunca olhei pra esse espaço com essa intenção, justamente porque sempre foi mais um hobby do que qualquer coisa. Foi aí que bateu o desânimo em escrever.

Hoje, felizmente, consegui criar um portifólio à parte, além de ter juntando um volume considerável de textos apresentáveis por aqui. Ver o blog parado durante tanto tempo me dá muita tristeza, ainda mais diante do investimento que fiz no layout, domínio e hospedagem (foi salgado, meus amigos). Pensando nisso, estou planejando começar uma nova fase por aqui, em que vou trazer textos mais pessoais e reflexões. Não sei se vai ser algo positivo para o blog, mas com certeza será muito bom pra mim, pois sinto muita falta de abrir uma tela em branco e sair escrevendo sem me preocupar muito (como fiz com esse texto).

Enfim, pessoal…. é isso.

Se alguém ainda se interessa por esse blog, vão vir novidades por aí. Muito obrigada para quem leu até aqui e aguardem!! 🙂

                
 

1 Comentário

  1. Brenda disse:

    Legal, Talita! Não deixe de escrever, não! O blog serviu para um propósito maior, de conseguir os seus trabalhos freelas, e agora ele pode voltar a ser um hobby. =) Essas fases de desânimo são complicadas, eu passo por elas de tempo em tempo. Deve ser comum, né? Mas escrever sempre vale à pena!

    Beijo,
    Brenda

Deixe o seu comentário!