11/nov/2016

É preciso estar atento e forte

obama

Somos todos Obama

É preciso estar atento e forte. Não temos tempo de Golpista a morte (Divino Maravilhoso – Gal Costa)

Sempre que as coisas estão complicadas, tanto no meu mundo particular quanto nesse que nos rodeia, essa música da Gal Costa me vem à cabeça. Esse ano aconteceram muitas coisas estranhas na política, e para fechar com “chave de ouro” tivemos a vitória de Donald Trump como presidente dos EUA, no último dia 9.

Vocês devem estar acompanhando por aí um pouco da trajetória do empresário, e todas as polêmicas que ele já esteve envolvido, mas só para lembrar algumas rapidamente, Donald Trump já foi acusado de assédio sexual, racismo e xenofobia (só para ficar nas principais).

É aí que a gente para e pensa: o que tá acontecendo com o mundo? Como essas pessoas babacas, desumanas conseguem chegar tão alto, são ELEITAS para cargos DE PODER?

Estamos atentos a política nesse momento, mas hoje um texto publicado pela Tati Bernardi (<3) na Folha de S. Paulo (O Trump nosso de cada dia) me fez lembrar de algo que deveria ser inesquecível: estamos rodeados de “Donalds Trump”.

Pessoas sem caráter, machistas, racistas, homofóbicas, PODRES estão no nosso lado diariamente. No trabalho, na faculdade e o pior, muitas vezes, dentro de casa. Assim como a Tati Bernardi, que trabalhou em diversas agências de publicidade e conheceu gente da pior espécie, acredito que o ambiente profissional é o local onde mais nos deparamos com esse tipo de pessoa.

Faz 9 anos que estou no mercado de trabalho e já me deparei com “profissionais” que simplesmente me davam nojo. E o pior, em 90% dos casos, essas pessoas estão em cargo de liderança. Tenho certeza que já aconteceu com vocês também. Assédio moral e machismo é algo tão praticado que durante muito tempo foi enxergado como algo “normal”, “que faz parte” – felizmente, as coisas estão começando a mudar, timidamente, mas já é um começo.

A eleição foi nos EUA, eles vivem uma realidade bem diferente de nós em vários sentidos, mas é impossível não sentir raiva ao ver um presidente que poderia ser aquele chefe escroto ou aquele colega machista. É impossível não sentir raiva de ver os babacas se dando bem na vida. E o pior é pensar que algo semelhante pode acontecer aqui no Brasil – aquela certeza que muitos tinham que o Bolsonaro não teria chance nenhuma de ser eleito presidente (caso se candidate) já não é tão certeza assim.

São tempos difíceis para quem está do lado de cá desse mundo de preconceitos e maldade. O futuro assusta, mas como diria Gal Costa, não temos tempo de Golpista a morte, que pode ser dos sonhos, daquilo que acreditamos – precisamos seguir atentos e fortes na luta diária pelo melhor da vida.

                
 

1 Comentário

  1. FABIOTV disse:

    Olá, tudo bem? Sobre a vitória do Trump: eu já pressentia a vitória do candidato do Partido Republicano. Até comentei no twitter sobre o voto envergonhado. Comentarei no blog neste sábado, inclusive a cobertura da mídia brasileira. Bjs, Fabio http://www.tvfabio.zip.net

Deixe o seu comentário!