14/abr/2016

5 motivos para assistir Master of None

Master-of-None-Poster-629x360

Sabe aquela série que você começa a assistir sem nenhuma expectativa e quando se dá conta já assistiu uns 5 episódios seguidos? Foi isso que me aconteceu com Master of None, série produzida pela Netflix.

A história gira em torno de Dev (Aziz Ansari), um ator na casa dos 30 anos que vive em busca de bons papéis, mas que sempre esbarra no preconceito por ser descendente de indianos. Ele vive alguns momentos de dúvidas sobre a sua vida pessoal e profissional, e cada episódio da série traz uma reflexão sobre temas como carreira, relação com os pais, feminismo, casamento, família, etc.

Apesar de ser uma comédia, que é um gênero que eu nem curto muito em séries, Master of None traz um humor inteligente, ácido, e algumas vezes sentimos até um pouco de tristeza, porque rola aquela identificação de quem está na fase entre 25 e 30 anos e está meio perdido na vida.

Acredito que esse momento é aquele em que a sociedade cobra muitas definições, em vários sentidos, e nós (porque tô nesse meio aí) nos sentimos meio derrotados por não correspondermos todas as expectativas. Mas é aquele ditado, né…vamos fazer o quê?

Master of None foi pouco divulgada pela Netflix, mas, sem dúvida, merecia mais destaque. Foi uma das séries mais legais que assisti esse ano, e vou falar nesse post 5 motivos que me fizeram gostar tanto:

 

1 – É uma série curta

São 10 episódios com cerca de 30 minutos cada. Dá pra assistir em um fim de semana tranquilamente.

 

2 – Diversidade entre os personagens

Um dos motivos que me fazem amar a Netflix é que suas séries vêm apostando muito na diversidade, como Orange is the New Black e Sense 8.

Em Master of None, não foi diferente. Além do protagonista ser indiano, algo raro nos filmes e séries americanos, temos entre os amigos de Dev uma lésbica negra e um descendente de japonês.

 

3 – Sem clichês

Se você imaginou que o protagonista faz aquelas dancinhas típicas da Índia, ou que namora uma indiana, se enganou. Dev quebra vários esteriótipos, e os temas abordados na série também fogem dos clichês que vemos diariamente.

 

4 – Faz a gente rir dos nossos problemas

Como eu falei no começo do texto, Dev representa a galera que passou dos 25 anos. E a gente olha para as situações difíceis que ele passa e pensa: caramba, é exatamente isso que eu tô passando. E é até legal quando ele se ferra, porque é aí que a gente se identifica mais haha.

 

5 – Último episódio genial

Claro que não vou soltar nenhum spoiler, mas o último episódio da primeira temporada foi um dos melhores finais de série que eu já vi. Dev toma uma atitude totalmente inesperada e que, novamente, foge dos clichês (não posso falar mais nada). Mas eu fiquei feliz demais e louca para assistir a segunda temporada, que foi confirmada para 2017.

 

Antes de encerrar, algumas curiosidades sobre Master of None:

• Aziz Ansari, além de protagonista, é um dos criadores da série, que é quase autobiográfica. Cansado de não receber bons papéis – pelo fato de ser indiano – resolveu escrever sua própria série e criticar esse comportamento de Hollywood.

• Os pais de Dev na série são seus pais na vida real.

 

Tem alguma série na Netflix que foi pouca divulgada, mas você curte pra caramba? Deixe aqui nos comentários!

 

 

                
 

2 Comentários

  1. FABIOTV disse:

    Olá, tudo bem? Que chique hein…Agora tem um site/blog “.com.br”!!!! Agradeço pela menção do meu blog nos parceiros. Bacana o link “Portfólio”. É uma forma de divulgar o seu trabalho (eu precisaria fazer isso também…). Bjs e parabéns pela nova fase! Fabio http://www.tvfabio.zip.net

Deixe o seu comentário!